A alienação

A alienação

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Na atualidade existem conluios corruptos com a finalidade de criarem ídolos.

No mundo atual onde a hipocrisia distancia os acontecimentos da realidade a verdade tem pouco ou nenhum valor e o que vale é a fantasia fabricada em conluio corrupto de diversas pessoas com acesso aos veículos de comunicação.
Estes grupos são formados por pessoas que são protagonistas em organizações diversas, em especial da midia, e falam como se estivessem dando uma opinião pessoal isolada.
Estas pessoas agem de forma dissimulada que parece ser uma opinião pessoal, porém, não é uma simples opinião pessoal, é um conluio corrupto, pois todos falam a mesma coisa de forma orquestrada.
Esse conluio é corrupto porque por trás dessa opinião em uníssono existe uma empresa de publicidade pagando comissão sobre os lucros futuros a todos.
Essa maquinação cria mitos do nada e injeta na cabeça da maioria das pessoas a "verdade" que eles estão criando.

Na área dos esportes, em especial no futebol, essa máfia atua em larga escala, um jogador pode não ter 20% da categoria que é apregoada pelos seus elogiadores mas ele irá se transformar em 100% de garoto propaganda!

Já tivemos essa campanha para o jogador Robinho, do Santos, que foi vendido por milhões de dolares e foi uma grande decepção na Europa, os europeus foram enganados.

Agora temos outro jogador do Santos, Neymar, que também do nada, foi transformado em aspirante a melhor jogador do mundo.
Porém, o que Neymar se transformou foi no melhor garoto-propaganda do Brasil.

Hoje no jogo do Brasil contra a Bósnia os comentaristas da Globo afirmaram: A defesa do Brasil é de alto nível e já está definida... porém no meio de campo o único que está definido é Neymar.
Isso foi dito com a maior naturalidade como se fosse uma verdade já plenamente constatada.... e isso foi dito mesmo que Neymar dentro de campo não tenha mostrado absolutamente nada da alardeada classe.

Vamos colocar a seguir alguma informação sobre Neymar:

***

Em uníssono, membros das TVs aberta e paga, membros de jornais tradicionais em papel e na Internet, passaram a elogiar de forma frenética e injustificada o jogador Neymar.

Isso aconteceu depois que o jogador contratou a empresa de marketing do Ronaldo Fenômeno e tem a Nike como principal cliente .
Tudo bem ter marketing, mas, o que estão fazendo extrapolou as mais básicas normas de honestidade e bom senso!

Já o estão elegendo como melhor do mundo!
O puseram como melhor do Campeonato Brasileiro sem que ele tivesse feito nada para mercer tal posto.
Neymar ficou em 10 lugar, junto com mais 4, entre os artilheiros....
É sabido que Neymar não faz assistência, ele pega a bola e parte para o drible, na maioria das vezes não consegue passar e perde a bola para a defesa... então, afinal de contas, por que méritos o Neymar foi eleito o melhor do brasileiro?
- Não existem méritos.
Nada mais é que uma desonesta campanha publicitária.

Mostro a seguir os 3 últimos campeonatos que Neymar disputou e quem foram os artilheiros.
Lembrando que é Neymar o batedor de penaltis oficial do Santos.

Artilheiros

Campeonato Brasileiro 2011

1º Borges 23 gols
2º Fred 22 gols
3º Deivid 15 gols
4º Leandro Damião 14 gols
5º Ronaldinho Gaúcho 14 gols
6º William 14 gols
7º Kempes 13 gols
8º Loco Abreu 13 gols
9º Anselmo 12 gols
10º Liédson 12 gols
10º Montillo 12 gols
10º Neymar 12 gols
10º Thiago Neves 12 gols

Libertadores da América

7 gols
Nanni - Cerro Porteño
Wallyson - Cruzeiro

6 gols
Pratto - Universidad Católica
Neymar - Santos

5 gols
Rentería - Once Caldas
Olivera - Peñarol
Moralez - Vélez Sársfield

4 gols
Niell - Argentinos Juniors
Fabbro - Cerro Porteño
Paredes - Colo-Colo
Thiago Ribeiro - Cruzeiro
Rafael Moura - Fluminense
Douglas - Grêmio
Martínez - Jaguares
Bacca - Junior
Leandro Damião - Internacional
Pavlovich - Libertad
Danilo - Santos
Fernández - Vélez Sársfield
Silva - Vélez Sársfield

Campeonato Paulista 2011

Liedson 11
Elano 11
Fábio 10
Anselmo 9
Dagoberto 9
Xuxa 8
Kléber 8
Eduardo 8
Anselmo 7
Hernane 7
Maikon Leite 6
Zé Eduardo 6
Juninho Quixadá 6
Patrik 6
Jael 6
....
Neymar 4

Os grandes jogadores do Santos nas conquistas do Paulista e da Libertadores foram Elano e Ganso, e não Neymar.



NOTÍCIA NO ESTADÃO DIA 03/03/2012

Agenda de Neymar desafia o Santos.

Clube monta estrutura especial para que compromissos comerciais não afetem rotina de treinos; craque ganha R$ 1,3 milhão/mês e quer mais 2 patrocinadores

03 de março de 2012 | 3h 06

WAGNER VILARON - O Estado de S.Paulo
No quesito desafio, o técnico Muricy Ramalho e o departamento de marketing do Santos estão empatados tecnicamente. Enquanto o primeiro tem a árdua missão de montar o time que disputa o Campeonato Paulista e a Taça Libertadores simultaneamente, o segundo não fica atrás e precisa elaborar a agenda de compromissos de Neymar.

A estrela santista fatura hoje R$ 1,3 milhão por mês.
Aproximadamente 70% deste valor está relacionado a ações de marketing
.
De acordo com o contrato assinado no ano passado, o clube reduziu de 30% para apenas 10% sua participação nos acertos comerciais do jogador. "São poucos atletas que realmente podem se pagar com direito de imagem. E o Neymar é um deles", explicou o diretor de marketing do Santos, Armênio Neto.
.....
A princípio, encaixar horários e montar este quebra-cabeça pode parecer tarefa simples. No entanto, a demanda pela presença da jovem estrela santista em atividades fora do universo futebolístico tem sido tão intensa que o clube montou estrutura especial para atendê-la. Secretária, carros, seguranças e, não raro, um helicóptero é utilizado para agilizar o deslocamento de Neymar entre um compromisso e outro.

De acordo com a diretoria alvinegra, à primeira vista pode parecer exagero. Porém, o dia a dia mostra que tudo é feito de acordo com a necessidade.

"É evidente que esses compromissos comerciais são importantíssimos para o jogador e para o clube, pois é neste ponto que está estruturado o plano de carreira que nos possibilitou mantê-lo na Vila Belmiro", explicou Neto. "Por outro lado, não podemos esquecer que a prioridade é a agenda do departamento de futebol."
....


Comentário:

Está explicado porque pagaram, e ainda pagam, para centenas de figurantes da midia para falarem de Neymar o mais que puderem e para classificarem Neymar como sendo um grande craque sem ele ter apresentado resultados para todos esses elogios: estão tendo um lucro de 1,3 milhões por mês vendendo o ídolo que fabricaram...
Estes são os rendimentos BRUTOS Neymar, esse dinheiro todo não fica com Neymar, alem do IR uma gama enorme de bajuladores querem receber a sua parte, e a empresa de marketing que o promove fica com grande parte da grana.

E assim caminhamos nesta sociedade atual baseada na fraude, na falsificação, no embuste e na hipocrisia.



***

domingo, 26 de fevereiro de 2012

A família, a Teoria da Evolução, religião, e o marxismo.



A Teoria da Evolução não refutou a existência de um "criador", mas refutou todos as explicações anteriores para a origem da vida.
A Teoria da Evolução refutou por exemplo a crença que existia até então de que a vida humana, o homem, tenha sido feito por deus do barro e que a mulher tenha sido feita a partir de uma costela desse homem.

O marxismo cultural não tem a "fé" judaico cristã como vilã a destruir, o que o marxismo cultural quer destruir é a "moral" judaico cristã, ou mais precisamente o que o marxismo cultural quer destruir é a FAMÍLIA ocidental que está centrada na moral judaico cristã.



A família, é esta a instituição que o marxismo cultural quer destruir.


É importante que tenhamos em mente os EXATOS OBJETIVOS do marxismo cultural para que não tenhamos falsas interpretações das suas intenções.

Desta forma, quando o marxismo incentiva o "sexo livre" (hetero ou homo) ele não está querendo destruir fé alguma... ele está querendo destruir a família.

Não podemos transformar o marxismo no que ele não é...
Se fizermos isso também iremos ter falsas interpretações de suas ações.
O marxismo jamais foi religião e jamais será.

O marxismo é fruto de uma mente egoísta, despótica e raivosa.
Essa mente foi traumatizada aos 17 anos quando saiu de casa por ver seus sonhos serem destruídos pela realidade, e diante deste fato essa mente projetou a destruição de seu desafeto - a sociedade ocidental que não lhe deu a esperada glória.
A ideologia criada por Marx em função desse PROBLEMA PESSOAL teve a ainda tem muitos seguidores porque existem no mundo muitas mentes idênticas a de Marx, não com a mesma capacidade de persuasão, mas com o mesmo ódio contra os bem sucedidos.

Maiores detalhes sobre o trauma marxista estão em:
A transformação de Karl Marx.

http://atransformaodemarx-sha.blogspot.com/

Outra coisa importante, não devemos confundir a "obra" do marxismo cultural - os humanos politicamente corretos, com marxismo, os politicamente corretos NÃO SÃO marxistas, são o que pode ser chamado de "inocentes úteis".


Politicamente corretos, inocentes que são usados pela ideologia marxista.


O problema é que o marxismo já sabe disso... e está se adaptando a essa condição, em vez de criar dogmas o marxismo cultural cria "lutas" supostamente dignas, a maior delas é "salvar o planeta" ou "salvar" os animais, as plantas, os peixes, etc. e condenar o ser humano como sendo danoso para a natureza e para o planeta.

E contra isso que aqueles que tem a mente livre e prezam a liberdade individual devem criar condições de luta.
Porém... não existe na humanidade uma organização para esse fim, a única que tenho conhecimento era o Instituto Mises, que infelizmente foi ocupado por anarquistas.




***

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Sobre o “bloqueio" aplicado pelo EUA a Cuba

As causas do "bloqueio" são duas:

1. Fidel Castro e Guevara confiscaram terras e empresas pertencentes a estrangeiros sem nenhum reembolso, simplesmente ocuparam fazendas e fábricas produtivas.
O EUA considera isso um roubo, e devido a isso não compra produtos fabricados em Cuba por serem eles produzidos nestes meios de produção roubados.

2. Cuba em 1961 permitiu que a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) instalasse – secretamente – mísseis nucleares na ilha ... a intenção era instalar os mísseis secretamente, sem o EUA saber, e quando os mísseis estivessem instalados a URSS iria disparar um ataque surpresa contra o EUA, os mísseis nucleares em menos de 5 minutos estariam caindo sobre as cidades americanas não dando chances ao EUA de detectar o ataque e se defender ... seria um ataque covarde de surpresa que iria destruir o EUA.
Essa era a intenção de Castro e Guevara, destruir o EUA com um ataque nuclear de surpresa, matar milhões de americanos e destruir a industria norte-americana.
Plataformas de lançamento de mísseis atômicos sendo construídas pela URSS em Cuba, 1961.

Navios russos levando mísseis nucleares para Cuba em 1961
Os norte-americanos apenas fizeram um bloqueio a Cuba em 1961 para impedir que os russos desembarcassem em Cuba os mísseis nucleares.
O presidente do EUA, John F. Kennedy disse aos comunistas russos - Daqui vocês não passam.
E não passaram, e tiveram que desmontar as bases de lançamento e levarem de volta para a Rússia.
Resolvida essa questão o EUA JAMAIS em momento algum aplicou bloqueio a ilha cubano, a única coisa que o EUA fez dai para frente foi não comprar produtos cubanos.


É uma coisa suja, digna do marxismo sujo, vir agora reclamar por não comercializar com uma nação que Cuba queria (e ainda quer) destruir !

Cuba, em sendo socialista, deveria ter vergonha na cara de não precisar de uma nação capitalista para se manter.
Se Cuba pretendia destruir o EUA, se Cuba tivesse atingido seu macabro intento, o EUA não existiria mais para comerciar com Cuba, pois depois de um ataque nuclear de surpresa não existiria mais a nação americana e a URSS socialista teria tomado posse do planeta.
Então, essa desculpa do “bloqueio” é só mais um ato sujo e covarde digno do marxismo.
Se o EUA e o capitalismo são esse monstro mau que a maledicência marxista apregoa por que então Cuba para ter progresso e não ser a nação miserável que é precisa de uma nação capitalista ?


Nações amigas fazem comércio, nações inimigas não fazem.

Inimigos mortais não comercializam amigavelmente, cada um vive de acordo com as suas capacidades e competências.
Os socialistas cubanos deveriam ter vergonha na cara de não acusar um país que não é socialista de não comerciar com ele, afinal para o socialismo, o capitalismo é o pior dos males ... por que então um país socialista precisa comerciar com um país capitalista para sobreviver ?

Os socialistas cubanos deveriam ter vergonha na cara de não virem agora dar uma de “pobrezinhos” injustiçados ... se quando estavam ao lado da URSS em 1961, batiam no peito se dizendo valentes guerreiros... e vociferando ofensas contra o EUA.

Entretanto, o EUA é um dos maiores exportadores para Cuba !

O EUA exportou mais para Cuba do que o Brasil em 2007.
4,3% das importações de Cuba vieram do EUA em 2007, enquanto 4,2% vem do Brasil !

A proibição ("bloqueio") do EUA para com Cuba é quanto a importação de Cuba.
Cuba confiscou terras e empresas de norte-americanos e passou a usá-las sem pagar aos antigos proprietários ... o EUA não aceita isso, e proibiu a importação de produtos cubanos devido a isso.
Desta forma, o “bloqueio” se resume a não importação de produtos cubanos pelo EUA.

Alem disso, o EUA é a nação do mundo que mais envia ajuda humanitária para Cuba.
O EUA envia mais ajuda para Cuba do que toda a América Latina e Europa juntos !
O EUA ajuda Cuba em todas as catástrofes climáticas como furacões.


Cuba sempre teve total liberdade para fazer comércio com as demais nações do mundo.

Cuba é membro da OMC (Organização Mundial do Comércio) desde 1995 e pode importar e exportar para centenas de países do mundo.
No século passado Cuba podia exportar e importar dos 50 países que eram socialistas, comerciava com todos os países latinos e da África.
Apenas alguns países da Europa, devido aos crimes contra direitos humanos cometidos em Cuba (e não devido ao “bloqueio”), não tinham relações com Cuba.

Dados sobre os principais parceiros comerciais de Cuba:

Imports - partners
Venezuela 35.2% (petróleo),
China 11.7%,
Spain 8.5%,
Brazil 4.6%,
Canada 4.2%,
US 4.1% (2010)

Exports - partners
China 25.5%,
Canada 23.3%,
Venezuela 10%,
Spain 5.6% (2010)

Nos links a seguir temos a informação do comércio entre Cuba e EUA desde 2001:

http://www.indexmundi.com/trade/exports/?country=cu

http://www.indexmundi.com/trade/imports/?country=cu


Jamais existiu um “bloqueio” contra Cuba.

O que acontece é que Cuba continua igual ao que era antes da "revolução", não mudou nada, piorou, antes tinha turismo que gerava riqueza, com o socialismo isso terminou, Cuba continua tendo o tabaco, o açúcar e o níquel como únicos produtos de exportação.
Cuba apesar de estar em uma região rica em petróleo nunca teve competência para produzir petróleo.
Por 40 anos Cuba viveu as custas da ajuda da URSS que lhe enviava petróleo e comida a preços módicos, em troca de açúcar.
Nem agricultura para alimentar seu povo Cuba tem capacidade de ter !

Depois da falência da URSS, Cuba também entrou em processo de falência ... mas, surgiu um outro benfeitor, Chavez, que em troca de Cuba aceitar Chavez como um “líder” socialista latino, manda para Cuba petróleo a um preço simbólico.
Cuba é uma refém de Chavez, come e bebe na mão de Chavez.
E Cuba (Castro), como sempre fez, continua a falar mal do EUA.

Castro não sabe fazer seu país sair da pobreza, a 50 anos está lá mandando e Cuba não sai do lugar, mas, ofender o EUA ele sabe, agora fazendo dueto com Chavez.
Cuba é pobre porque os cubanos socialistas pouco produzem lá dentro de Cuba, e essa é uma característica de todos os países socialistas.
Não é porque o EUA não compra de Cuba que ela é pobre, ela é pobre porque é socialista, um sistema onde o lugar comum é a incapacidade de produzir comida e mercadorias.


A não existência de propriedade privada no socialismo não elimina o egoísmo e o desejo de poder nos humanos, pelo contrário, o aumenta.

A inata ganância humana, quando em um sistema socialista, não deixa de existir nos indivíduos, um bebê socialista de 2 anos vai continuar a empurrar outro bebê socialista para se apossar do brinquedo dele !

Como no socialismo a propriedade privada não existe, a ganância humana se potencializa em ganância por poder.
A “intelligenzia” marxista, os supra sumos da sabedoria humana, arrogam para si o direito e o poder de conduzir os demais.
E dentre eles sempre surge um chefe, o ditador socialista.


Em Cuba não tem propriedade privada... mas Castro sempre teve as suas propriedades privadas! Os cubanos em geral moram em casas miseráveis, mas Castro não, ele sempre morou em boas casas.

Um exemplo é Fidel Castro (e seu irmão Raul), a mais de 50 anos no poder, ele aboliu a propriedade privada em Cuba, mas, as suas propriedades privadas Castro jamais deixou de ter !
Fidel Castro sempre gostou de mulheres, teve várias mulheres.
Sempre gostou de luxo, teve várias casas luxuosas em Cuba.
Para ele o dinheiro era desnecessário ... ele tinha o poder nas mãos, e com ele obtinha o que quisesse e saciava a sua ganância sem limites.
E todo o bando que vive ao redor de Castro também usufruiu disso.


***

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Para que existam ricos devem existir pobres

Para que existam ricos devem existir pobres?!

Os humanos a milênios atrás quando ainda vagavam nômades pelo planeta nada tinham, portanto eram pobres.
TODOS os humanos do mundo eram pobres.
Desta forma a situação natural dos humanos desde os primórdios da humanidade é serem pobres.
Se todos os humanos eram pobres desde o início - o primeiro rico do mundo, antes de ser rico era pobre, e sua riqueza não foi tirada de ninguém uma vez que ninguém tinha nada.

O povo da Islândia, uma ilha gelada perto do Polo Norte, tem a melhor qualidade de vida e igualdade social do mundo.
A Islândia nunca teve colônias, nunca teve impérios, nunca teve escravos, nunca explorou ninguém pois é um país pequeno e fraco militarmente.
Na Islândia não existem pobres, todos na Islândia vivem bem, são "classe A", e também existe os ricos na Islândia.
A Islândia refuta a maledicência de que para que existam ricos devem existir pobres.
E é assim em outras nações como a Nova Zelândia, Finlândia, Noruega, Dinamarca, Austrália, Canadá, onde a grande maioria do povo tem excelente qualidade de vida.
Este fato é uma prova incontestável de que não existe a necessidade de existirem pobres para que existam ricos.

Em virtude destes fatos, os autores da frase título, deveriam ter a competência para provar o que falam, deveriam provar o por que que para alguém ser rico devem existir pobres.
Mas, os autores dessa frase nunca provaram a calúnia que criaram.
Aqui neste texto vamos mostrar que a frase título é uma mentira fruto de ideologia cega.


Por que Cuba e o Paraguai são pobres e o Japão é rico ?.

“Para que existam ricos devem existir pobres.”

Está é a caluniosa conclusão de marxistas.
O marxismo não tem competência para produzir riquezas e não sabe que para um país tornar seu povo um povo rico, com igualdade social, com excelente qualidade de vida – é preciso que tal país produza ele próprio riquezas dentro do país !
É o chamado PIB (Produto INTERNO Bruto), um país só terá um povo com excelente qualidade de vida e igualdade social, rico, se produzir um grande PIB per capita e se este país tiver uma boa distribuição de renda, ou seja, não pode existir no país uma alta concentração de renda.

É uma equação:

Grande PIB per capita + Baixa concentração de renda = Povo com igualdade social e boa qualidade de vida

Por exemplo no Brasil, o Brasil tem um grande PIB, passa do trilhão de dólares (2.172 trilhões de dolares em 2010) , tem também um bom PIB per capita (10800 dólares em 2010), mas, no Brasil existe uma das maiores concentrações de renda do planeta, então, devido a isso, apesar do PIB ser grande existem milhões de miseráveis !
[No Brasil existem 11 milhões de famílias que vivem com o dinheiro do Bolsa Família, ou seja, se estimarmos 4 pessoas por família dá em torno de 44 milhões de pessoas!]

Um país como a Noruega, onde existe um alto PIB per capita e uma excelente distribuição de renda, dá a seu povo uma excelente qualidade de vida e igualdade social !
E claro, isso que os noruegueses tem lá dentro da Noruega em nada depende do pobre povo do Paraguai (ou de qualquer outro país do mundo) que nada produz nem para si próprio !
E mesmo sendo pobre, o povo do Paraguai não é idiota, o povo do Paraguai se produzisse alguma coisa de valor que fosse mandar para a Noruega, não a mandaria de graça, iria cobrar o preço justo do mercado mundial.

O preço de uma mercadoria para exportação depende do mercado mundial, depende de acordos comerciais mundiais feitos na OMC (Organização Mundial do Comércio), nenhum país do mundo tem poder para tabelar preços dos produtos de outro pais !
O preço do petróleo por exemplo, varia de acordo com o humor do mercado.
Mesma coisa é com o preço de todos os demais produtos.

Para que a mentira marxista tivesse fundamento, tal mentira deveria ser acompanhada de provas que mostrassem com dados estatísticos reais, quais foram as riquezas transferidas do país pobre para o país rico...

Por exemplo, a Noruega tem povo rico, os marxistas deveriam provar, com dados reais, quais foram os países pobres do mundo que enviaram riquezas (e quais foram elas) para a Noruega poder ser rica !
Os marxistas deveriam mostrar dados reais, deveriam dizer - olha, está aqui, em 1990 os pobres da Bolívia mandaram de graça para a Noruega as mercadorias X, Y e Z.
Jamais farão isso !
Pois isso não existe, a Bolívia é pobre porque não teve competência para ser rica, e jamais teve riquezas que tivessem sido enviadas para a Noruega.

Para comprovar com fatos que um país rico não depende em nada de países pobres que não produzem riquezas, vamos apresentar a seguir uma comparação da produção real de riquezas em 3 países, e como é a relação destes países com os demais países do mundo.

Três países:
Cuba, Paraguai, Japão.


Vamos ver porque dois deles são pobres e um é rico (dados de 2007, existentes em todas as entidades de estatística econômica do planeta).

Cuba

Produção de riquezas DENTRO DO PAÍS (PIB): 51,1 bilhões de dólares.

Renda per capita: 4500 dólares

Exportações: 3,2 bilhões de dólares.

Exporta para:
Holanda - 21.8%
Canada - 21.6%
China - 18.7%
Espanha - 5.9%

Importações: 10,9 bilhões de dólares.

Importa de:
Venezuela - 26.6%
China - 15.6%
Espanha - 9.8%
Alemanha - 6.4%
Canada - 5.6%
Itália - 8.4%
USA - 8.3%
Brasil - 8.2%

Comentários:

Cuba produz muito poucas riquezas DENTRO DE CUBA.
Cada cubano produz apenas 4500 dólares de riquezas por ano.

Cuba RECEBE mais riquezas do exterior do que envia para o exterior.
Suas importações (10,9 bilhões de dólares) são 3 vezes maiores que suas exportações (3,2 bilhões de dólares) !
Cuba NÃO MANDA nenhuma riqueza para Japão.
E se mandasse não seria de graça.

Então, se existe um país que suga outros países, este país é Cuba, uma vez que ela – produz pouco - e recebe mais coisas do exterior do que envia.

Paraguai

Produção de riquezas DENTRO DO PAÍS (PIB): 26,5 bilhões de dólares.

Renda per capita: 4000 dólares

Exportações: 6,8 bilhões de dólares.

Exporta para:
Uruguai - 22%
Brasil - 17.2%
Rússia - 11.9%
Argentina - 8.8%
Chile - 6.9%

Importações: 7 bilhões de dólares.

Importa de:
China - 27%
Brasil - 20%
Argentina - 13.6%

Comentários:

O Paraguai também – produz muito poucas riquezas - por isso é pobre.
Cada paraguaio produz apenas 4000 dólares por ano.
O Paraguai também recebe mais riquezas do exterior do que envia.
O Paraguai – não manda - nenhuma riqueza para o Japão.
E se mandasse não seria de graça.

Japão

Produção de riquezas DENTRO DO PAÍS (PIB): 4,4 TRILHÕES de dólares.

Renda per capita: 33800 dólares.

Exportações: 665,7 bilhões de dólares.

Exporta para:
USA - 22.8%
China - 18.3%
Coréia do Sul - 7.8%
Taiwan - 6.8%
Hong Kong - 5.6%

Importações: 571,1 bilhões de dólares.

Importa de:
China - 20.5%
USA - 12%
Arábia - 6.4%
UAE - 5.5%
Austrália - 8.8%
Coréia do Sul - 8.7%
Indonésia - 8.2%

Comentários:

O Japão é rico porque cada japonês produz - LÁ DENTRO DO JAPÃO - 33800 dólares por ano !
O Japão tem como parceiros comerciais – os países ricos.
O Japão envia mais riquezas para o exterior do que recebe.
O Japão não recebe nenhuma riqueza dos pobres Cuba e Paraguai que não produzem riquezas nem para eles próprios.



Não são os pobres do mundo que trabalham na construção da riqueza dos japoneses... são os próprios japoneses, lá dentro do Japão, que trabalham para construirem sua riqueza.


Paraguaios e cubanos tem um lugar comum, produzem apenas 4000 e 4500 dólares por ano, são pobres devido a isso.
Nenhum país do mundo vai ficar rico com essa miséria produzida nestes países !
É uma coisa que foge ao bom senso supor tal coisa !


Diante destas provas, mais uma vez fica claro, que dizer que os ricos são ricos porque os pobres são pobres, é apenas mais uma mentira marxista facilmente desmentida pelos fatos.


Sobre a teoria da exploração marxista


Os marxistas atuais extrapolaram a teoria da exploração de Marx.
A expandiram para países !
A teoria da exploração de Marx é baseada na mais-valia, ou seja, uma parte do salário do trabalhador, segundo Marx, fica com o patrão.
Marx dizia que o trabalhador não fica com tudo o que produz, que o dono da fábrica fica com parte do que o trabalhador produz com seu trabalho.
Alias, isso é uma coisa que chega a ser tola, um empresário não iria aplicar suas economias para comprar um prédio, maquinas, construir toda a infra-estrutura de uma fábrica para que depois os trabalhadores ficassem com toda a produção !
É claro que o dono da fábrica deve ficar com uma parte da produção, afinal, a fábrica não existiria se ele não a tivesse construído com suas economias !
Aqueles que quiserem ficar com toda a produção do seu trabalho podem construir suas próprias fábricas e trabalharem sozinhos nela, ai ficarão com toda a produção.
Isso em termos, pois terão que vender a produção, uma vez que um dono de uma fábrica de sapatos não vai ficar com todos os sapatos que fabrica para si !
Alem disso, o estado, nunca deixa de pegar a sua parte na forma de impostos.

Então, a teoria da exploração de Marx era estritamente – na relação de trabalho – entre um trabalhador assalariado e o seu patrão.

O marxista atual generalizou tal suposição para os países do mundo.
Dizem eles que os países desenvolvidos “exploram” os países pobres.
Evidentemente jamais apresentam evidências fatuais que possam comprovar tal afirmação !
Apenas soltam a maledicência no ar sem jamais provar o que dizem.
Uma das coisas que dizem é que os desenvolvidos usam as “matérias primas” dos pobres a preços baixos.

Isso é um total desconhecimento do comércio mundial !

Os países que integram o G20, são: Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Reino Unido, Itália, Japão, Rússia, África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, China, Coréia do Sul, Índia, Indonésia, México, Turquia e a UE, tais países detém 90% do PIB mundial !
Estes países detém também 80% do comercio mundial !
Eles não precisam dos pobres que pouco produzem para terem riquezas.


Os preços das matérias primas são estabelecidos na OMC, dentro de limites de acordos comerciais entre os membros, que valem para todos os países membros da OMC sejam eles ricos ou pobres.

E o mais importante - no comércio mundial os maiores produtores de matérias primas não são os países pobres !
São países ricos os maiores produtores de matérias-primas !


A Austrália por exemplo é um dos maiores produtores de matérias primas do mundo!
O EUA, o Canadá, a Rússia, a China, o Brasil, o México, a Índia, a África do Sul, são os grandes exportadores de matérias primas, e não os países pobres.

A pobre Serra-Leoa africana exporta uma pequena quantidade de matéria-prima que lá existe, a bauxita, e o preço que ela vende sua bauxita é o mesmo que a Austrália, o maior produtor mundial de bauxita, vende a sua !

Vejamos quem são os maiores produtores mundiais de matérias-primas (1995):

Países % da produção mundial

FERRO
Brasil 22,2
Austrália 16,5
China 13,3
Estados Unidos 7,4
Índia 4,9
Canadá 4,4
África do Sul 4,1
Venezuela 2,5
Suécia 2,3

MANGANÊS
Ucrânia 23,3
China 18,6
África do Sul 13,3
Austrália 9,4
Gabão 9,3
Índia 5,2

ESTANHO
China 30,0
Indonésia 26,2
Peru 12,4
Brasil 10,7
Bolívia 8,0
Austrália 4,1
Malásia 3,6

NIQUEL

Rússia 21,8
Canadá 17,8
Nova Caledônia 11,4
Austrália 9,4
China 4,3

COBRE
Chile 26,5
Estados Unidos 20,0
Canadá 7,8
Casaquistão 5,1
Indonésia 4,9
Peru 4,3
Austrália 4,2
Polônia 4,1

CHUMBO

Austrália 19,3
China 15,7
Estados Unidos 14,4
Peru 8,5
Canadá 7,8
México 6,5

ZINCO
Canadá 15,0
Austrália 13,3
China 11,3
Peru 10,2
Estados Unidos 9,4
México 5,6
Índia 2,2

BAUXITA
Austrália 37,3
Guiné 13,1
Jamaica 9,5
Brasil 8,5
China 7,0
Venezuela 4,7
Índia 4,4

OURO
África do Sul 23,0
Estados Unidos 14,5
Austrália 11,2
Rússia 6,6
Indonésia 3,3
Brasil 3,0

Notamos que a Austrália, um país rico, alem de ser o maior produtor mundial de chumbo e bauxita, participa como grande produtor de todos os demais produtos !
Notamos também que o EUA também é um grande produtor de várias matérias-primas.
Os países pobres produzem muito pouca matéria-prima, portanto, a matéria-prima que os ricos usam, não vem dos países pobres.

A riqueza que existe na Austrália foi construída pelos australianos, e nenhum marxista cheio de ódio dos bem sucedidos jamais provará o contrário! Não foram os pobres índios bolivianos que trabalharam na construção da cidade australiana da foto... foram os próprios australianos que trabalharam na construção de suas cidades.
A Australia foi uma colônia da mesma forma que a Bolívia foi, a diferença foi que o povo australiano teve competência para construir sua riqueza e o povo boliviano não teve.


Se existisse exploração, essa transferência de riquezas dos países pobres para os ricos, só poderia ser feita através do comércio.
E claro, antes de mandar as riquezas para os ricos eles teriam que produzir tais riquezas dentro de seus países, ai depois as enviaram para os ricos...


Sobre a produção de riquezas no mundo.

Vejamos quais são os países do mundo que mais produzem riquezas dentro de seus países, vamos ver o PIB (Produto Interno Bruto) de todos os países do mundo:

Posição País PIB (em bilhões de dólares) 2007.

1 Estados Unidos 13,860
2 China 7,043
3 Japão 4,417
4 Índia 2,965
5 Alemanha 2,833
6 Reino Unido 2,147
7 Rússia 2,076
8 França 2,067
9 Brasil 1,838
10 Itália 1,800
11 Espanha 1,362
12 México 1,353
13 Canadá 1,274
14 Coréia do Sul 1,206
15 Irão 852.6
16 Indonésia 845.6
17 Austrália 766.8
18 Taiwan 690.1
19 Turquia 667.7
20 Países Baixos 638.9
21 Polônia 628.6
22 Arábia Saudita 572.2
23 Argentina 523.7
24 Tailândia 519.9
25 África do Sul 467.6
26 Paquistão 446.1
27 Egito 431.9
28 Bélgica 378.9
29 Malásia 357.9
30 Venezuela 335
31 Suécia 333.1
32 Grécia 326.4
33 Ucrânia 321.3
34 Colômbia 320.4
35 Áustria 319.7
36 Suíça 300.9
37 Filipinas 298.9
38 Nigéria 298.8
39 Hong Kong 293.4
40 Argélia 268.9
41 Noruega 257.4
42 República Checa 249.1
43 Romênia 246.7
44 Chile 238.4
45 Portugal 232
46 Singapura 222.7
47 Vietnã 222.5
48 Peru 217.5
49 Bangladeche 209.2
50 Dinamarca 208.6
51 Hungria 198.2
52 Irlanda 187.5
53 Finlândia 185.9
54 Israel 188.9
55 Casaquistão 161.5
56 Emirados Árabes Unidos 145.8
57 Kuwait 138.6
58 Marrocos 127
59 Nova Zelândia 112.6
60 Sudão 107.8
61 Eslováquia 107.6
62 Bielo-Rússia 108.7
63 Iraque 100
64 Equador 98.28
65 Birmânia 91.13
66 Bulgária 86.73
67 República Dominicana 85.4
68 Sri Lanca 83.21
69 Síria 83
70 Angola 80.95
71 Líbia 78.79
72 Porto Rico 77.41
73 Tunísia 77.16
74 Azerbaijão 72.2
75 Croácia 69.44
76 Guatemala 67.45
77 Uzbequistão 62.27
78 Omã 61.21
79 Lituânia 59.59
80 Catar 57.69
81 Quênia 57.65
82 Sérvia 56.89
83 Costa Rica 55.95
84 Etiópia 55.07
85 Eslovénia 58.79
86 Iêmen 52.61
87 Cuba 51.11
88 Turquemenistão 47.37
89 Tanzânia 43.49
90 Líbano 40.65
91 Letônia 40.04
92 Camarões 40.01
93 Bolívia 39.78
94 Luxemburgo 38.79
95 Uruguai 37.05
96 Salvador 35.97
97 Afeganistão 35
98 Costa do Marfim 32.86
99 Uganda 31.47
100 Gana 31.23
101 Nepal 30.66
102 Bóina e Herzegovina 29.89
103 Estônia 29.35
104 Panamá 29.14
105 Jordânia 28.18
106 Paraguai 26.55
107 Montenegro 26.38
108 Camboja 25.79
109 Guiné Equatorial 25.69
110 Honduras 28.69
111 Barém 28.61
112 Botswana 28.14
113 Trindade e Tobago 22.93
114 Senegal 20.61
115 Gabão 20.09
116 Madagascar 19.95
117 Albânia 19.76
118 Geórgia 19.65
119 Congo 19.07
120 Nicarágua 18.17
121 Moçambique 17.82
122 Burquina Faso 17.5
123 Macedônia 17.26
124 Armênia 16.83
125 Papua-Nova Guiné 16.56
126 Chade 15.95
127 Zâmbia 15.93
128 Haiti 15.82
129 Maurícia 18.9
130 Mali 18.18
131 Congo-Brazzaville 13.97
132 Jamaica 13.47
133 Laos 12.61
134 Macau 12.5
135 Benin 12.18
136 Islândia 11.89
137 Tajiquistão 11.87
138 Namíbia 10.67
139 Malávi 10.47
140 Quirguizistão 10.38
141 Coreia do Norte 10
142 Moldávia 10
143 Guiné 9.74
144 Brunei 9.56
145 Malta 9.34
146 Níger 9
147 Ruanda 8.58
148 Mongólia 8.45
149 Baamas 6.93
150 Burúndi 6.39
151 Zimbabwe 6.19
152 Mauritânia 5.82
153 Somália 5.58
154 Barbados 5.53
155 Suazilândia 5.42
156 Togo 5.13
157 Jersey 5.1
158 Fiji 5.08
159 West Bank 5.03
160 Gaza Strip 5.03
161 Serra Leoa 8.88
162 Eritreia 8.75
163 Polinésia Francesa 8.58
164 Bermudas 8.5
165 Guiana 8.06
166 Cabo Verde 3.71
167 Butão 3.5
168 Suriname 3.45
169 Nova Caledônia 3.16
170 República Centro-Africana 3.1
171 Lesoto 3.09
172 Maldivas 2.84
173 Antilhas Neerlandesas 2.8
174 Andorra 2.77
175 Guernsey 2.74
176 Man, Isle of 2.72
177 Guame 2.5
178 Belize 2.34
179 Aruba 2.26
180 Timor Leste 2.22
181 Ilhas Caimão 1.94
182 Jibuti 1.88
183 Listenstaine 1.79
184 Seicheles 1.66
185 Ilhas Virgens Americanas 1.58
186 Libéria 1.5
187 Gâmbia 1.34
188 Comores 1.26
189 Samoa 1.22
190 Antígua e Barbuda 1.19
191 Santa Lúcia 1.18
192 Groenlândia 1.1
193 Gibraltar 1.07
194 Faroé 1
195 Granada 0.98
196 Mônaco 0.98
197 Mayotte 0.95
198 São Vicente e Granadinas 0.9
199 Guiné-Bissau 0.9
200 Marianas do Norte 0.9
201 Tonga 0.88
202 Ilhas Virgens Britânicas 0.85
203 São Marinho 0.85
204 Ilhas Salomão 0.8
205 Vanuatu 0.74
206 São Cristóvão e Neves 0.73
207 Samoa Americana 0.51
208 Dominica 0.49
209 São Tomé e Príncipe 0.28
210 Quiribati 0.24
211 Ilhas Turcas e Caicos 0.22
212 Ilhas Cook 0.18
213 Palau 0.12
214 Ilhas Marshall 0.12
215 Anguila 0.11
216 Micronésia 0.1
217 Ilhas Falkland 0.08
218 Wallis e Futuna 0.06
219 São Pedro e Miquelon 0.06
220 Nauru 0.06
221 Monserrate 0.03
222 Santa Helena 0.02
223 Tuvalu 0.01
224 Niue 0.01
225 Tokelau 0


Ai temos onde são produzidas as riquezas no mundo.

Vamos pegar alguns países pobres e o que eles produzem:

150 Burundi 6.39
151 Zimbabwe 6.19
152 Mauritânia 5.82
153 Somália 5.58
154 Barbados 5.53
155 Suazilândia 5.42
156 Togo 5.13


Alguém em sã consciência pode pensar que a Alemanha dependa do que a Somália e o Zimbabwe produzem para ser uma nação rica ?
Alguém lúcido pode supor que a Alemanha dependa para ser o país culto e desenvolvido que é da exploração dos pobres Somália e Zimbabwe que nada produzem ?!
Chega a ser ridícula tal suposição, mas, marxistas dizem essa mentira !
E o mais trágico para a humanidade, é que existem milhões de pessoas que, por ignorância e/ou ressentimento, acreditam em tais mentiras ridículas ...


Sobre o comércio mundial

Vamos colocar a seguir quem faz o comercio mundial, para verificarmos que o maior volume de comércio é entre os países desenvolvidos, e não entre eles e os países pobres que pouco tem para comerciar.


Maiores exportadores de mercadorias.

Pos. País Valor (milhões de dolares)

1 Alemanha 1326,4
2 China 1217,8
3 EUA 1162,5
4 Japão 712,8
5 França 553,4
6 Holanda 551,3
7 Itália 491,5
8 Inglaterra 437,8
9 Bélgica 430,8
10 Canada 419,0
11 Coreia do Norte 371,5
12 Rússia 355,2
13 Hong Kong 349,4
14 Singapura 299,3
15 México 272,0
16 Taipei 246,4
17 Espanha 241,0
18 Arábia Saudita 234,2
19 Malásia 176,2
20 Emir. Árabes 173,0
21 Suíça 172,1
22 Suécia 169,1
23 Áustria 162,9
24 Brasil 160,6
25 Tailândia 153,1
26 Índia 145,3
27 Austrália 141,3
28 Polônia 138,8
29 Noruega 136,4
30 Rep. Checa 122,4
31 Irlanda 121,0
32 Indonésia 118,0
33 Turquia 107,2
34 Dinamarca 103,5
35 Hungria 94,6
36 Finlândia 89,7
37 Irã 86,0
38 África do Sul 69,8
39 Venezuela 69,2
40 Chile 68,3
41 Ingeria 65,5
42 Kuwait 62,4
43 Alegria 60,2
44 Eslováquia 58,2
45 Argentina 55,9
46 Israel 54,1
47 Portugal 51,5
48 Filipinas 50,5
49 Ucrânia 49,2
50 Vietnã 48,4


Vemos pela informação acima que os países pobres não estão entre os maiores exportadores de mercadorias.
O maior exportador de mercadorias é a Alemanha !
Será que a Alemanha é um país explorado ?



Para que alguém pudesse dizer que para que existam ricos tem que existirem pobres esse alguém teria que demosntrar como, quando e quanto de riquezas sairam do país pobre (!) para ser mandada para o país rico.
Essa pessoa caluniadora deveria fornecer dados de cargas embarcadas no porto do país pobre com destino ao país rico, e deveria demonstrar que tais mercadorias estavam sendo enviadas pelos tolos pobres a preços irrisórios...
Os caluniadores marxistas jamais farão isso!
Pois o que eles dizem é uma mentira suja.


Acreditamos que com a demonstração de quem são os países maiores produtores de riquezas no planeta, e a demonstração de quais são os países que mais exportam as riquezas que produzem, dá para comprovar que a afirmação de que os ricos precisam dos pobres para existirem é uma mentira.
Os pobres pouco produzem, por isso são pobres, riqueza só é possível existir se for produzida.

Infelizmente, os marxistas obtém sucesso com sua mentira...
Muita gente acredita na mentira da “exploração” de países ricos para com os pobres.
Nem mesmo a demonstração acima que mostra fatos os convencem !
Continuam cegamente odiando os países ricos e dando vazão a isso de diversas formas.

Existem comunidades no Orkut com milhares de membros como o título – “Odeio capitalismo”.
Em comunidades desse tipo essa mentira marxista se torna verdade, e nada muda a opinião deles, nem mesmo fatos !
É algo impressionante, um ódio terrível contra os bem sucedidos os domina, são presas fáceis para o marxismo e irão viver com esse ódio dentro na cabeça por toda a vida...


***

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Karl Marx – Libertar os escravos varrerá o EUA do mapa

Para Karl Marx a escravidão negra na América tinha um "lado bom" !

Em 28 de Dezembro de 1846 Marx escreveu uma carta para Pavel Vassilievitch Annenkov (1814-1887), um historiador e crítico literário russo, que havia lhe escrito pedindo opinião sobre o livro "Filosofia da miséria" que Proudhon tinha acabado de escrever.

Esta carta nada mais é do que crítica e sarcasmo de Marx contra Proudhon, as expressões usadas por Marx nesta carta são de declarado ódio a Proudhon ... que nada de mal lhe havia feito, apenas tinha escrito um livro colocando suas opiniões filosóficas, não precisava tanto rancor contra uma pessoa de quem ele Marx, tinha recebido ensinamentos decisivos sobre a propriedade privada.

Para obter o seu intento de usar de sarcasmo e denegrir Proudhon, Marx INVENTOU uma SUPOSTA "dialética de Proudhon", dialética esta que Proudhon JAMAIS USOU em seu texto.

A carta toda, longa, é semeada de palavras agressivas contra Proudhon, não precisamos ver todo esse ódio, vejamos apenas parte do texto da carta para que cada leitor possa tirar suas conclusões.

Eis o texto:

"Meu querido Sr Annenkov
...

Deixe agora lhe dar um exemplo da dialética de Proudhon.

A liberdade e a escravidão constituem um antagonismo.
Não há nenhuma necessidade de eu falar dos aspectos bons ou maus da liberdade.
Quanto à escravidão, não há nenhuma necessidade para mim falar de seus aspectos maus.
A única coisa que requer explanação é o lado bom da escravidão.
Eu não me refiro à escravidão indireta, a escravidão do proletariado; eu me refiro à escravidão direta, à escravidão dos pretos no Suriname, no Brasil, nas regiões do sul da América do Norte.
A escravidão direta é o pivô em cima do qual a industrialização dos dias de hoje faz girar a maquinaria, o crédito, etc.
Sem escravidão não haveria nenhum algodão, sem algodão não haveria nenhuma indústria moderna.
É a escravidão que tem dado valor às colônias, foram as colônias que criaram o comércio mundial, e o comércio mundial é a condição necessária para a indústria de máquinas em larga escala.
Conseqüentemente, antes do comércio de escravos, as colônias enviaram poucos produtos para o velho mundo, e não ajudaram de forma visível a mudar a face do mundo.
A escravidão é consequentemente uma categoria econômica de suprema importância.
Sem escravidão, a América do Norte, a nação mais progressista, ter-se-ia transformado em um país patriarcal.
Se tiramos a América do Norte do mapa teremos a anarquia, a deterioração completa do comércio e da civilização moderna.
Abolir a escravidão seria varrer a América do mapa do mundo.
Sendo uma categoria econômica, a escravidão existiu em todas as nações desde o começo do mundo.
Tudo que as nações modernas conseguiram foi disfarçar a escravidão em casa e importá-la abertamente no Novo Mundo.
Depois destas reflexões sobre escravidão, o que o bom Sr. Proudhon fará ?
Procurará a síntese da liberdade e da escravidão, o verdadeiro caminho dourado, em outras palavras, o equilíbrio entre a escravidão e a liberdade."


Fonte em inglês:
http://www.marxists.org/archive/marx/works/1846/letters/46_12_28.htm

Não seria necessário dizer, que Proudhon, um humanista francês dos maiores e que exercia liderança sobre os socialistas de toda a Europa, fato este que gerou em Marx grande inveja e ódio, jamais disse nada parecido com isso!
Tudo isso saiu da cabeça mentirosa e maledicente de Marx.


Bom, alem do fedorento sarcasmo raivoso contra Proudhon, o que temos neste trecho da carta ?
Temos mais um grotesco erro de avaliação de Marx !
Quinze anos depois dessa carta de Marx, o EUA fez uma guerra civil (1861-1865), e libertou totalmente os escravos, e jamais aconteceu o que Marx supôs !

O EUA sem escravidão não se transformou em um país patriarcal ... e muito menos foi varrido do mundo como Marx estupidamente profetizou !
Ao libertar os escravos pela primeira vez na história da humanidade o EUA se tornou um país livre e a maior nação do mundo.
A maldade, o mau caráter,, o revanchismo, o ódio das pessoas que ousassem fazer uma teoria filosófica e não apenas se submetessem a sua opinião despótica - é que levaram Marx a dizer esse absurdo que ele disse nesta carta.


***

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Crise econômica do socialismo

Marxistas de todas as épocas se comportam como a torcida de um time B, que não presta, que não ganha nada, que só perde, que não vale nada, mas que nunca critica o próprio time...
As críticas desses torcedores do fracassado time B são sempre contra o time A, que é um time vencedor, um time de sucesso, um time que resolve seus problemas, e sempre vence.


Mendigo nas ruas de Havana, Cuba
Havana é a mesma de 55 anos atrás, as mesmas casas sem pintura, as mesmas ruas de paralelepipedo, os mesmos carros antigos fabricados em 1950, é uma cidade parada no tempo.


A crise permanente do socialismo.

Mais de dois BILHÕES de pessoas foram socialistas no século XX !
Cinquenta (50) diferentes nações do mundo foram socialistas em algum momento de suas histórias no século XX !
TODAS não conseguiramn se sustentar economicamente, prenderam e mataram milhões de inocentes dentro de suas nações mas não conseguiram resolver o problema crucial, o econômico - como produzir para suprir as necessidades dos necessitados ?

A bela frase do socialismo é: "DE cada um segundo sua capacidade, A cada um segundo sua necessidade.".

Linda frase não ?
Sim, mas tem um problema... para dar a cada um segundo as suas necessidades TEM QUE PRODUZIR as mercadorias, a comida, as roupas, etc, para suprir tais necessidades de todos...

E nenhuma nação socialista jamais conseguiu produzir para tornar verdadeira a sua bela frase... o resultado em todas as nações socialistas que existiram foi falta de comida, falta de mercadorias básicas, como papel higiênico, estagnação econômica e falência.

Das 50 nações socialistas ainda restam 3, Coreia do Norte, Vietnã e Cuba...
A primeira continua sua agonia, virou uma dinastia comunista, a segunda está mudando, e Cuba, a "fina flor" do socialismo mundial, continua miserável como era antes da 'revolução" e perdeu a única coisa que tinha antes da "revolução" - a liberdade individual das pessoas...
Cuba já por dezenas de vezes negou o direito de ir e vir para a blogueira cubana que expõe as desgraças do socialismo cubano, a blogueira é uma prisioneira na ilha cubana.
A miserável Cuba nada mais é do que a triste face do socialismo marxista no mundo.
E se alguém disser que é por causa do "bloqueio" o que se pode dizer são duas coisas:
1. a falta de liberdade da blogueira não depende do bloqueio.
2. socialistas marxistas deveriam ter vergonha na cara para não colocarem a culpa de suas misérias em uma nação capitalista ... afinal, socialistas dizem que o capitalismo não presta e querem destrui-lo ! Como podem dizer o absurdo que a fonte dos seus problemas é a falta de comércio com uma nação capitalista ? rsrs
Essa desculpa é algo muito imbecil e só poderia vir mesmo de alienados marxistas desesperados com a realidade da porcaria falida que defendem.

Alemanha Oriental socialista 
miséria e falta de liberdade


URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas)
miséria e falta de liberdade

Mas, mesmo diante dessa realidade do socialismo mundial, mesmo diante da crise PERMANENTE do socialismo mundial escancarado na falência da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) e de todas as demais nações que foram socialistas... marxistas não criticam o socialismo !
Os alienados marxistas põem a culpa nas pessoas, dizem que foi erro humano, e nunca assumem, mesmo diante do lugar comum histórico das 50 nações socialistas - que o socialismo tem um problema crônico !

E continuam cegamente na secular crítica ao capitalismo...
Com o capitalismo eles mudam o padrão - se acontece algo ruim no capitalismo, para marxistas, nunca foi erro humano, sempre será erro do sistema !
Dois pesos e duas medidas... coisa típica da alienação do socialismo marxista, fruto do trauma psíquico de jamais ter acontecido o que o "mestre" disse que aconteceria com o capitalismo.
A demência socialista é fruto da dor profunda de verem o capitalismo depois de 50 anos de Guerra Fria brilhar em progresso e gerar populações cultas, e em contrapartida, verem o socialismo mundial falir.

Orientação para as criaturas marxistas.

O conselho que se pode dar para essas alienadas criaturas é - em vez de vocês se preocuparem com a suposta "crise do capitalismo", que jamais aconteceu da forma que o "mestre" disse que aconteceria, se preocupem em resolver a CRISE DO SOCIALISMO !
O socialismo marxista é um sistema falido que SEMPRE LEVA AO MESMO LUGAR - a ditadura socialista, a estagnação econômica e a falência.

Estudem e descubram por que a URSS não conseguiu resolver os problemas de produção ?
Estudem e descubram por que a China faliu e estava com bilhões de chineses morrendo de fome, e a solução que encontrou foi jogar a produção socialista no lixo e abrir o mercado para empresas privadas...
Então, respondam a pergunta - por que o comunismo chinês nunca conseguiu resolver o problema econômico ?
Estudem isso marxistas...

Estudem por que o socialismo marxista é uma porcaria...
Estudem por que o socialismo marxista não consegue produzir uma economia sustentável e sempre vai a falência.

Descubram por que, a Grécia, que foi e ainda é governada a décadas por socialistas, foi a falência ?

Em vez de vocês marxistas alienados... criticarem um sistema com sucesso econômico e cultural, critiquem a porcaria socialista falida.

No dia em que vocês descobrirem com certeza científica qual é o problema econômico do socialismo, no dia em que vocês RESOLVEREM O PROBLEMA DO FALIDO SOCIALISMO, e tenham algo factível para colocar no lugar do capitalismo, ai então, se vocês conseguirem essa proeza... voltem a criticar e a querer destruir o sistema liberal, a democracia e o estado de direito que conseguiram dar para a humanidade, nas nações que o implantaram, não a perfeição, porque a perfeição não existe, mas deram progresso, cultura, liberdade e excelente qualidade de vida para suas populações.

Exemplo desse fato:

 Coréia do Norte socialista
miséria e falta de liberdade


Coreia do Sul - democracia liberal 
liberdade e progresso econômico e cultural.


***

Leituras associadas:

http://socialismonaoexistiuoudeturparammarx.blogspot.com/

http://ainvencaomarxistadoumquinto.blogspot.com/

http://josefstalineramarxista.blogspot.com/

http://cheguevaramentiu.blogspot.com/


***

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Sobre a "crise de superprodução" marxista

Vejamos o seguinte texto de Karl Marx:

"A enorme capacidade de expansão aos saltos do sistema fabril e sua dependência do mercado mundial produzem necessariamente produção febril e consequente saturação dos mercados, cuja concentração provoca estagnação.
A vida da indústria se transforma numa sequência de períodos de vitalidade média, prosperidade, superprodução, crise e estagnação.
A insegurança e a instabilidade a que a produção mecanizada submete a ocupação e, com isso, a situação de vida dos trabalhadores tornam-se normais com essas oscilações periódicas do ciclo industrial.
Descontados os tempos de prosperidade, impera entre os capitalistas a mais intensa luta em torno de sua participação individual no mercado. Essa participação está em relação direta com a barateza do produto.
Além dessa rivalidade, produzida por esse fato, no uso de maquinaria aperfeiçoada, que substitui a força de trabalho, e de novos métodos de produção, surge toda vez um ponto em que o barateamento da mercadoria é buscado mediante diminuição dos salários abaixo do valor."

Karl Marx, O Capital, Vol I.

O texto acima é um dos textos de karl Marx falando sobre a suposta "crise de superprodução" que aconteceria no capitalismo, vamos fazer alguns comentários sobre esse texto.

É um texto típico de Marx, onde ele apresenta a sua opinião sem entretanto demonstrar cientificamente as razões da sua afirmação.
Nem mesmo a sua "dialética" é apresentada.
Marx vai colocando as suas afirmações, uma atrás da outra, sem que apresente nada que demonstre que elas tem fundamento científico.

Comentando o texto....

"expansão aos saltos do sistema fabril",
Como assim ? Demonstre cientificamente que o sistema fabril se expande aos saltos.

"sua dependência do mercado mundial",
Como assim ? Demonstre cientificamente que a expansão depende do mercado mundial.

Ao "sistema fabril", que também não foi definido por Marx as características e o que vem a ser, supomos que sejam as industria em geral - do mundo todo - porque Marx fala a nível mundial.
Porém, é o mercado interno que acima de tudo faz surgir e crescer o sistema fabril de uma nação, tal crescimento não é "em saltos", por exemplo o crescimento da industria no Estado de São Paulo, não cresceu em saltos, cresceu paulatinamente ao longo de 40 anos (1950-1990), até se tornar importante.
O Estado de São Paulo exporta, é uma componente importante, mas SP depende fundamentalmente do mercado interno no Brasil, é nele que SP tem sua base, e não na exportação.
E jamais aconteceu uma "crise de superprodução" em SP.

O sistema fabril na Inglaterra por exemplo, depois da Revolução Industrial (1750 a 1850), quando foram inventadas as máquinas para a industria, por acaso cresceu "em saltos" ?
- Não, cresceu paulatinamente - dentro da Inglaterra - até se tornar o mais importante do mundo, e ai sim começar a exportar.

"e consequentemente saturação dos mercados, cuja concentração provoca estagnação".

Essa afirmação nos diz que os mercados ficam saturados, mas, como?
Saturados de que forma?
Concentrados de que forma?
Será que Marx está dizendo que as fábricas, por exemplo de sapatos, de camisas, de meias, de calças, de cintas, de geladeiras, de fogões, de TVs, de computadores, de aparelhos de som, de carros, de motos, etc, etc, etc, de tempos em tempos enchem o mercado destas mercadorias de tal forma que as lojas ficam apinhadas dessas mercadorias, não as conseguem vender, e isso vai trazer estagnação?
Mas de onde ele tirou isso?
Quando, onde, isso aconteceu?
Alguém já teve notícia que aconteceu tal coisa em alguma nação?

Acho que ninguém jamais soube disso.
De forma que essa afirmação de Marx não tem nenhuma lógica, não tem nenhum fundamento real, é apenas fruto de uma mente perturbada pelo ódio contra a sociedade e que devido a isso criava esses absurdos.

Continuemos...

"A vida da indústria se transforma numa sequência de períodos de vitalidade média, prosperidade, superprodução, crise e estagnação."

Ele está falando DA INDUSTRIA como um todo.
Não está falando que existem crises setoriais, por exemplo no mercado de sapatos, ou no petróleo, ou no alcool, ou nas geladeiras, ele está afirmando que TODO O MERCADO (todas as industrias), porque produzem muito (superprodução), entram em crise e vão a estagnação!

Pergunta-se:
Existem relatos que isso aconteceu no mercado mundial?
Existem relatos que as industrias em todas as nações do mundo em um determinado momento produziram tanto que isso levou a estagnação mundial?!
- Não, não existe nenhum relato desse absurdo.

Essa ideia marxista é tão estúpida que supõe que os donos das fábricas não analisam o mercado, que vão fabricando mercadorias como doidos sem saber se o mercado vai compra-las!
Essa louca ideia marxista supõe que TODOS OS EMPRESÁRIOS DO MUNDO (ele fala a nível mundial) fabricam freneticamente mercadorias e vão entupindo as lojas com elas, sem fazerem análise de mercado - até que chega uma hora que não cabem mais mercadorias nas lojas e só ai eles param, estagnam...
Jamais se teve notícia que esse absurdo aconteceu!
Esta estúpida visão do empresariado só podia vir de alguém como Marx que jamais trabalhou na vida e jamais entrou em uma fábrica!

Existem crises na economia das nações, que refletem na economia mundial, a economia mundial é feita por humanos, e humanos vivem em crise, crise existencial, crise amorosa, crise familiar, crise financeira, humanos também são desonestos e trapaceiam, a natureza nem sempre colabora com os humanos, existem secas, enchentes, terremotos, maremotos, furacões, etc, tudo isso junto colabora para que existam crises econômicas, mas - elas jamais são causadas pela mesma razão!
Se fossem, como Marx supunha sempre causadas pelo mesmo motivo, seria muito fácil prevê-las e evita-las!
Os humanos não são burros para ficarem persistindo em um erro conhecido.

As crises são em geral causadas por crises financeiras provenientes de erros ou fraldes das autoridades do país.
As crises são em geral setoriais, atingem apenas uma parte do mercado, atingem sempre aqueles que já estavam em más condições financeiras.

Tanto na vida dos humanos como em todas as atividades humanas é impossível se viver em continuo progresso.
É muito natural as pessoas e os negócios terem períodos de menor prosperidade, mas isso jamais significou a desgraça que Marx em seu ódio quis criar.
Alem disso, um setor da economia pode estar em declínio, porém outro pode estar em expansão!

A humanidade, depois da implantação da democracia e da economia liberal em 1800 passou por duas grandes guerras e por uma guerra fria, e conseguiu suplantar e seguir em frente com progresso.

O único sistema que entrou em crise, estagnou e acabou falindo foi o sistema criado por Marx, o socialismo científico, cujo maior exemplo foi a falida URSS socialista!

"A insegurança e a instabilidade a que a produção mecanizada submete a ocupação e"

O marxismo é inimigo mortal do progresso tecnológico, e consequentemente do progresso humano.
Para Marx a automação nas industrias trás instabilidade e insegurança...
Ou seja, para essa mente perturbada foi um erro os seres humanos inventarem as máquinas, as linhas de montagem, que propiciaram a fabricação de mercadorias mais baratas que permitiram a toda população o acesso a elas.
Isso trás insegurança e instabilidade segundo Marx.
Baseado em que fundamentos científicos ele chegou a essa aberração ele jamais disse, foi apenas a produção de uma mente louca.

"a situação de vida dos trabalhadores tornam-se normais com essas oscilações periódicas do ciclo industrial. "

Não, isso não aconteceu.
Os trabalhadores da Inglaterra, e de outros países industriais, progrediram a níveis de qualidade de vida excelentes, a automação industrial trouxe progresso e melhoria de vida para os trabalhadores das nações industriais.

"Descontados os tempos de prosperidade, impera entre os capitalistas a mais intensa luta em torno de sua participação individual no mercado. Essa participação está em relação direta com a barateza do produto."

Não existe "luta" em uma economia liberal.
Existe competição.
E para ser mais competitivo não depende unicamente de ter produtos baratos como supunha Marx, são diversos os fatores, e o principal deles é oferecer um produto que tenha aceitação dos consumidores, não basta ser barato, pode ser barato, mas se o consumidor não gostar, não vende.

É O CONSUMIDOR que define qual empresário vai ter sucesso.
Bill Gates não se tornou um empresário de sucesso porque vendia barato seus produtos, foi O PRODUTO que ele fabricava, o Windows, o Office, que tiveram grande aceitação dos consumidores que o fizeram um empresário bem sucedido.
Marx possuído de seu ódio ideológico jamais conseguiu entender essa lógica do mercado.

'Além dessa rivalidade, produzida por esse fato, no uso de maquinaria aperfeiçoada, que substitui a força de trabalho, e de novos métodos de produção,"

Não existe "rivalidade", empresários não são jogadores de poquer, empresários competem, e o conteúdo da competição é oferecer um melhor produto ao consumidor.

A maquinaria que substitui o trabalhador ao mesmo tempo cria novas profissões.
A máquina de cortar cana, substituiu o cortador braçal de cana, mas criou outras profissões, como o condutor da máquina, como os projetistas da máquina, como os que fabricam a máquina, como os que dão manutenção na maquina, e muitos outros novos trabalhos diretos e indiretos.

A telefonista que fazia ligações nas antigas companhias telefônicas não existe mais, eu seu lugar surgiram milhares de atendentes de telemarketing, serviços de vendas por telefone, etc.

O progresso tecnológico levou a milhões de seres humanos a terem moveis, carros, celular, computador, mp3, etc, a Internet criou centenas de profissões e milhões de empregos ao redor do mundo.
Tudo isso trouxe enorme melhoria da qualidade de vida para o povo das nações que tiveram progresso tecnológico.
O marxismo odeia esse progresso.
O marxismo quer a regressão aos primórdios, quer a destruição da sociedade liberal.
Marx não entendia nada de economia e muito menos do mercado liberal, Marx agiu apenas movido pelo seu ódio doentio contra a sociedade, e movido por esse ódio criou uma ideologia cuja intenção é destruir a sociedade que ele odiava.

"surge toda vez um ponto em que o barateamento da mercadoria é buscado mediante diminuição dos salários abaixo do valor."

Para a estupidez marxista, para um empresário baixar o preço da sua mercadoria ele diminui o salário dos empregados!
Existe maior estupidez que isso?
É impressionante que ainda existam humanos que tenham isso como verdade!

Marx não sabia que para poder diminuir os preços da mercadoria o empresário deve aumentar sua produtividade, produzir mais e melhor com o mesmo número de trabalhadores, e uma das principais ferramentas para conseguir isso é a automação, a linha de produção, a divisão do trabalho, que aumentam a produtividade dos trabalhadores.
Por exemplo um empresário que fabrica meias com máquinas antigas operadas por 3 trabalhadores. cada uma produzindo 100 pares por dia, ele pode aumentar sua produtividade comprando uma máquina mais moderna que faça 200 pares por dia com os mesmos 3 empregados operando, dobra a sua produção e pode diminuir o preço da sua mercadoria, sem necessitar diminuir salário dos trabalhadores.

Marx jamais conseguiu entender essa lógica simples de uma economia liberal, por isso mentiu, falsificou, deturpou e enganou a muitos criando mentiras.
Tais mentiras jamais são aceitas por pessoas lúcidas, porém, na humanidade existem muitos que possuem a mesma mente perturbada de Marx, e tais pessoas apoiam tais mentiras e as tem como verdade.
E eles querem destruir a sociedade democrática e liberal, não tem o que colocar no lugar, mas querem destruir.

É contra essa loucura que as mentes livres devem lutar, sob pena de se não o fizerem de perderem a liberdade e regredirem para a miséria que existia antes do surgimento da democracia e da economia liberal.


***

sábado, 4 de fevereiro de 2012

A guerra civil na Síria e a hipocrisia ocidental


Notícia no ESTADÃO
04 de fevereiro de 2012 | 10h 46

Ataque mata mais de 200 pessoas na Síria antes de votação da ONU

As forças sírias mataram mais de 200 pessoas em um ataque na cidade de Homs, disseram ativistas, no dia mais sangrento de onze meses de levantes contra o presidente Bashar al-Assad, antes da votação de uma resolução da ONU, neste sábado, pedindo que Assad deixe o poder.

A Liga Árabe, a Europa e os Estados Unidos estão tentando persuadir a Rússia, que tem poder de veto e é aliado de Assad, a deixar que o Conselho de Segurança aprove uma resolução que apoia um pedido árabe para que Assad transfira os poderes a um vice.
Moscou disse que a aprovação da resolução sem emendas podia significar "tomar lado em uma guerra civil".

O número de mortos citados por ativistas e grupos da oposição variava de 217 a 260, tornando o ataque a Homs o mais fatal até agora na repressão de Assad aos protestos e um dos episódios mais sangrentos na "Primavera Árabe" de revoltas que varreu a região.

.......

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,ataque-mata-mais-de-200-pessoas-na-siria-antes-de-votacao-da-onu,831381,0.htm

Cenário da "primavera árabe"


Comentário:

EUA, França e ONU seguem com a ação de intervenção direta em países soberanos...

Os "ativistas" sírios estão muito bem armados e organizados da mesma forma que os "manifestantes" líbios estavam, de forma alguma tais "ativistas" são pessoas comuns fazendo protesto pacífico, não, são milicianos muito bem armados tentando tomar a força posições dentro da Síria.

Temos ai uma foto dos "pacíficos ativistas" na Síria voltando de uma das suas manifestações pacíficas.

"ativistas" sírios que empreenderam o ataque e a tomada de posições na capital síria, Damasco.
http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=2272279&seccao=M%E9dio%20Oriente

Acima temos "ativistas" do chamado "exército livre sírio".

http://exame.abril.com.br/economia/politica/noticias/exercito-livre-sirio-muda-estrategia-e-anuncia-ofensiva-contra-regime-3
http://noticias.r7.com/internacional/noticias/disparos-de-forcas-leais-ao-regime-de-damasco-matam-38-pessoas-na-siria-20111217.html

Na Síria, como a Rússia afirmou, existe uma guerra civil, e como os russos também afirmaram, a ONU fazer uma resolução contra o governo sírio é tomar partido em uma guerra civil...
Isso qualquer pessoa consciente sabe, mas a hipocrisia dominante na ONU e no mundo ocidental faz vistas grossas e continua a sua ação intervencionista.

Quem está armando e sustentando financeiramente a ação dos "ativistas", ao que tudo indica, é quem a está defendendo como ação lícita de cidadãos em "protestos", ou seja - EUA, França e ONU...

Porém, existe um mistério por trás disso...
O Irã não está se manifestando, nada diz, e a Liga Árabe não sai em defesa do governo, mas sim, se coloca ao lado dos "ativistas".... isso é um fato inédito no Oriente Médio !
Existe um motivo para que Irã e Liga Árabe estejam concordando com essas mudanças nas nações árabes - todas elas vão se tornar repúblicas islâmicas !
Isto é um fato já em andamento na Tunísia, Líbia e Egito.
Em vista desses fatos pode ser que quem esteja financiando a "primavera átabe" seja o Irã e demais radicais islâmicos independentes.


A pergunta mais intrigante que se pode fazer é - por que EUA, França e ONU estão se colocando nesta posição que claramente irá redundar, não em democracias, mas sim, em repúblicas islâmicas ?
E mais ainda, irá redundar em uma crise sem precedentes entre islâmicos e Israel ?
- Uma das respostas que encontrei é que as nações ocidentais ficaram idiotas, setenta anos de marxismo cultural transformaram os governantes ocidentais em estúpidos politicamente corretos que não conseguem mais ver a realidade.

Porém, os "intelectuais" socialistas por trás dos politicamente corretos não tem escrupulos, ética e moral é coisa de burguês, eles vão apelar.
Vuu colocar aqui uma previsão até fácil de ser feita!
Daqui uns temos, 1 ano ou pouco mais, quando a campanha anti Síria estiver chegando a exaustão, irá acontecer um ataque com armas químicas e os "rebeldes" acusarão o ditador de o ter praticado, essa acusação terá amplo apoio dos EUA e França, e da midia alienada politicamente correta que perdeu a capacidade de pensar, esse será o "motivo nobre" para que possam bombardear a Síria sem repúdio da opinião pública mundial.

Como se desenvolve o desenrolar dos acontecimentos ?

O modo de ação na Síria está sendo semelhante ao que já ocorreu em outras nações árabes, começa com um pequeno protesto na nação, segue com outros protestos já um pouco mais agressivos, o governo reprime porque se não reprimir quebram tudo, as agências de notícias internacionais começam a falar em desrespeito a direitos humanos, em seguida os "ativistas" aparecem com armas e atacam, mas isso não é jamais dito na midia mundial, isso é apenas visto em vídeos e fotos colocadas na Internet, a midia internacional apenas relata que mais protestos foram feitos e reprimidos, organizações de direitos humanos começam a acusar o governo de abusos contra direitos humanos, quase sempre é dito que o governo matou crianças, em seguida EUA (Obama), França (Sarcozy) e ONU começam a se pronunciar, os "protestos" aumentam e o número de mortes também, a situação explode em violência, e se for necessário, como foi na Líbia, começa a atuação do EUA e Fança na ONU para intervir na nação.
O caso da Síria está mais complicado do que na Líbia porque a Rússia e a China resolveram agir e ameaçam vetar a aprovação da resolução da ONU, a luta atual é para vencer essa resistência da Rússia e China - a arma usada pelos "defensores dos oprimidos do mundo" é sempre os "direitos humanos" e a defesa de "civis inocentes", se conseguirem convence-los é muito provável que a OTAN ataque novamente, agora na Síria...

É um jogo esquisito este que está se desenrolando no Oriente Médio.

Em vista do mutismo do Irã em todos os episódios (Tunísia, Egito, Líbia) e dá aprovação pela Liga Árabe da ação dos "ativistas" o que pode-se deduzir é que a mudança interessa ao Irã (quem cala consente) e ao grupo que tomou o poder na Liga Árabe, que tem sua sede no Cairo, Egito, e tem como secretário-geral atual Amr Moussa, que é egípcio, muçulmano, e já se posicionou contra Israel e EUA na questão palestina e já foi motivo de ação na Internet com milhares de assinaturas para que ele fosse candidato a presidente do Egito.
Se a Síria cair caem em seguida o Líbano e a Jordânia, restarão o Iraque, que já está em guerra civil a tempos, e a Arábia Saudita...
Amr Moussa

Talvez, quando tais nações árabes concretizarem o poder como repúblicas islâmicas as nações ocidentais se dêem conta da estúpida posição que defenderam, mas, com certeza será tarde e estarão com um enorme problema nas mãos - um Oriente Médio islâmico em volta de um acuado estado judeu.



***

Texto relacionado este:

Seria prudente o Ocidente perceber a realidade da "primavera árabe" - a mantra de "eleições livres" em árabe não se traduz como "democracia"


http://comentriossobreacontecimentosmundiais.blogspot.com.br/2012/08/seria-prudente-o-ocidente-perceber.html


***

NOTÍCIA MAIS RECENTE
05/09/2012 - 08h21
Chegou hora de mudança política na Síria, diz presidente do Egito
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

O presidente do Egito, Mohamed Mursi, disse nesta quarta-feira que chegou a hora de mudança de governo na Síria, que passa por confrontos entre opositores e a ditadura de Bashar Assad há um ano e meio.

O mandatário se manifestou pela segunda vez sobre a crise em menos de uma semana, após ser duramente criticado por autoridades de Damasco.

"Chegou a hora de mudança e não perder tempo falando de reforma. Esse momento já passou. Agora é hora de mudança."

Durante encontro de chanceleres da Liga Árabe, no Cairo, ele também anunciou uma reunião com quatro países da região para discutir a crise síria --Arábia Saudita, Turquia, Irã e o próprio Egito.

Esta é mais uma declaração de Mursi contra o regime sírio. Na última quinta (30), o presidente chamou Assad de "opressor" durante a Cúpula de Países Não Alinhados, em Teerã. As palavras provocaram a saída da delegação síria da sala de reuniões.

Em seu discurso, o mandatário egípcio disse que o governo de Assad perdeu a legitimidade com suas ações violentas e pediu à oposição que se una para buscar uma saída pacífica ao conflito. Ele pediu que seja impedida a generalização da guerra no país.

Na segunda (3), o ministro do Interior da Síría, Omrane al Zohbi, criticou Mursi, dizendo que a barba é a única diferença entre o novo mandatário e o ditador Hosni Mubarak, que caiu em 2011.

"Mesmo com Mubarak, nós consideramos o Egito, terra de civilização e história, um exemplo de nacionalismo que tem um papel importante. Mas é lamentável que após a saída de Mubarak, um outro tome o lugar tendo a barba como a única diferença", declarou Zohbi.

O ministro ironizou uma frase de Mursi, que havia dito que o Egito tinha responsabilidade na crise síria.

"A primeira vez que ouvi Mohamed Mursi dizer a verdade, foi quando declarou se sentir responsável pelo derramamento de sangue sírio, como o Qatar, a Turquia e a Arábia Saudita, que também são responsáveis".

TURQUIA

As condenações à situação da Síria e à atuação do regime sírio também foram feitas pelo primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, em reunião de seu partido em Ancara.

Ele disse na quarta-feira que Assad criou um "Estado terrorista" na Síria e expressou novamente frustração com a falta de consenso internacional sobre o caos no país vizinho.

"Os massacres na Síria, que ganharam força com a indiferença da comunidade internacional, continuam aumentando. O regime na Síria tornou-se um Estado terrorista".

O governo turco inicialmente cultivava boas relações com a administração de Assad, porém Erdogan se tornou um dos críticos mais ferrenhos do ditador sírio desde o início das revoltas, em março de 2011.

A Turquia está lutando para lidar com a entrada de cerca de 80 mil refugiados sírios em seu território e tem pressionado repetidamente por uma zona de segurança dentro da Síria protegida por forças estrangeiras, mas a proposta teve pouco apoio internacional.


*

Comentário:

A um ano e meio atrás "ativistas" começaram a entrar na Síria através da fronteira turca, eles são financiados por islâmicos, pela Turquia, pelo EUA e pela França, eles formaram o "exército sírio livre", recebem continuamente armas e suprimentos através da fronteira turca para atacar o governo estabelecido na Síria, muito bem - agora vem o maior responsável por tudo isso dizer que a Síria é terrorista !
A hipocrisia dos politicamente corretos não tem limites!


***


TEXTO ESCRITO EM 14/09/2012



Sobre o assassinato do embaixador do EUA na Líbia.

Ao falar sobre o assassinato do embaixador dos Estados Unidos na Líbia, J. Christopher Stevens, do oficial Sean Smith e de outros dois diplomatas americanos, na noite de terça-feira, 11/09, a secretária de Estado, Hillary Clinton, disse o seguinte:

"Hoje muitos americanos estão se perguntado e eu me perguntei 'como isso pôde ter acontecido em um país que nós ajudamos a libertar, na cidade que ajudamos a ser salva da destruição?'"


Em resposta podemos perguntar: Como pode uma pessoa ingênua como essa, que faz essa tola pergunta, ser responsável pela condução da política externa do mais poderoso estado do mundo ?

Hillary não tem a menor capacidade para ocupar o cargo que ocupa, ela tem a cabeça de uma menina de 8 anos de idade, não tem noção da realidade.
Estes são os alienados que estão conduzindo a humanidade para o caos

Hillary é só mais uma entre milhões de alienados que sofreram lavagem cerebral aplicada pelos "intelectuais" do marxismo cultural nas escolas e se tornaram os tolos politicamente corretos que infestam a midia, Hollywood e as universidades de toda sociedade ocidental na atualidade.

E pior disso tudo para a humanidade é que estes tolos são maioria e tomaram o poder na mais poderosa nação do mundo...
No Brasil então nem se fale!


***

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

O mundo irreal das novelas.

As novelas brasileiras, não necessariamente as da Globo, todas tem as mesmas características, mostram para os telespectadores um modo de vida, nas mais diversas circunstâncias, que não condiz com a realidade da vida no dia a dia que eles querem artificialmente retratar.
.
As mais gritantes disparidades do que é mostrado com a realidade, dentre muitos, temos quando a novela mostra a vida em favelas e quando a novela apresenta personagens homossexuais, coisa que virou moda hoje em dia, toda novela tem que ter personagens homossexuais, eles não fazem parte do enredo, nunca são protagonistas, sempre são figurantes, mas tem que estarem lá, os politicamente corretos do mundo exigem isso, senão a TV estará cometendo preconceito...

Nas favelas das novelas a vida é esfuziante de alegria!

Nas favelas da TV a vida é só alegria!

Todos os favelados são personagens alegres e de bem com a vida como se a favela fosse o melhor dos mundos e os favelados as pessoas mais felizes do planeta... na verdade os favelados das novelas parecem uma grande família.

Favelas das novelas - uma grande família alegre e feliz!

Acho que os autores nunca foram em um favela...
As favelas das grandes cidades brasileiras são AMONTOADOS de barracos diminutos, um em cima do outro, são feitos com os mais diversos materiais, com a exceção de tijolos e telhas...
Os detritos humanos correm a céu aberto até chegarem em algum riacho próximo.
A vida nas favelas é extremamente dura e não tem a alegria que os autores de novelas querem dar a elas... traficantes em geral dominam através do medo que impõem aos moradores.
O que as novelas mostram das favelas é uma mentira.

Os homossexuais das novelas tem na maioria dos casos características marcantes: são em geral muito alegres, brincalhões, tagarelas, piadistas que sempre fazem os telespectadores darem risada...

Gays em novelas, guase sempre alegres e prendados...

Alguém já viu algum homossexual igual ao das novelas na vida real ?
Bom... não sei... eu nunca vi um assim.
Os que vi não eram pessoas alegres, e nem eram tagarelas e faziam tiradas originais, pelo contrário, eram pessoas quietas que não demonstravam alegria, e não se serviam para motivo de riso.
Alias, o papel de quase palhaços que as novelas dão aos homossexuais deveria ser fonte de protesto das defensores de direitos humanos...
Um exemplo disso é no quadro "Metrô Zorra Brasil" onde o personagem "Valéria" na verdade não faz papel de gay, faz papel de palhaço.

O mais famoso homossexual do Brasil, Clodovil, era um exemplo do quão oposto da realidade ao que as novelas mostram é, Clodovil era sério e as suas tiradas não eram alegres, eram sarcásticas, Clodovil jamais demonstrou ter as características que as novelas colocam nos homossexuais.
Então, as novelas estão dando uma idéia FALSA da personalidade de homossexuais.


Outra apelação dos autores de novelas é com os "direitos humanos" que sempre são embutidos na história sem dela terem a menor participação no enredo.

E por fim, as novelas contém uma falta de talento de dar pena...
O que me parece é que no Brasil não existem roteiristas...
A repetição das mesmas cenas, apenas mudando o ator ou atriz, novela após novela, fato que parece passar despercebido da maioria dos telespectadores, é de uma mediocridade enorme.
As intrigas são sempre as mesmas, domina uma falta de criatividade e talento penosas....



Brigas entre mulheres são a fonte de "emoção" nas novelas...

A "emoção" das novelas gira em torno de intermináveis brigas com gritaria entre mulheres...
Gostam muito de dar uma surra em alguém "mau" da novela para que os telespectadores satisfação sua raiva do personagem...
Sempre tem uma ou duas megeras e um ou dois vilões que quase sempre se associam e fazem planos mirabolantes, quase sempre com os o mesmo tipo de "astúcia", para ferrar com a menina boazinha ou com o bom rapaz da novela.

Dificilmente teremos novamente no Brasil algo igual a Dom Casmurro...

A beleza e o talento que Machado de Assis conseguiu com apenas 3 personagens em Dom Casmurro os autores de novelas atuais não conseguem nem 10% usando tecnologia e centenas de pessoas.
A mediocridade dominou por completo no meio noveleiro brasileiro.